sexta-feira, 25 de novembro de 2011

"Um dia iremos matar todos os Judeus"

O comício que a Irmandade Muçulmana fez hoje no Cairo faria uma boa abertura de noticiário: milhares de pessoas deliraram com as promessas de morte a todos os Judeus e com as ameaças do dia do Juízo Final para o Estado de Israel. Faria, mas nem a uma frase de rodapé teve direito. Notícias como esta não aparecem no telejornal porque vão contra a ideologia dominante que enaltece a virtuosa Rua Árabe. Tão virtuosa que até há quem sonhe em trazê-la para Portugal.

1 comentário:

al cardoso disse...

Cruzes canhoto, D*us nao permita!

Shabat Shalom.