segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Mais uma ode a Álvaro Cunhal

Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa fazem amanhã a sua enésima greve, prejudicando mais uma vez os do costume, isto é os utentes. Quem se der ao trabalho de tentar perceber os motivos tanta greve e for espreitar o site do sindicato que organiza as ditas, terá alguma dificuldade em encontrá-los no meio de tanta palavra de ordem. Encontrará mais rapidamente o retrato de Álvaro Cunhal. Esse achado por si só é suficiente para entender os reais motivos desta onda de greves.

3 comentários:

I. B. disse...

Hoje de manhã a Antena 1 estava a dar bilhetes para o "Até Amanhã, Camaradas", "um filme Antena 1". Para algumas pessoas, o PREC nunca acabará... :-)

IB

Anónimo disse...

Porque será que os banqueiros nunca fazem greve?

- Têm o ouvido do PM quando se vai desenhar um memorando e se salvaguarda 12 mil milhões para eles às custas do povo.

João.

Anónimo disse...

Bem, em "1984" de Gerge Orwel, diziam o O'Neil "Quem controla o passado, controla o futuro..."
Assustador.
EJSantos