quinta-feira, 19 de março de 2015

Jornalismo de sarjeta da SIC

Na reportagem desta noite da SIC sobre a Faixa de Gaza, a SIC disse que a devastação na Faixa de Gaza da última guerra tinha sido de 7 mil milhões euros enquanto a comunidade internacional apenas tinha angariado 4 milhões de euros para a reconstrução. É mentira. Foram angariados 4 MIL milhões, MIL vezes mais.

Mas o que interessa o rigor jornalístico numa reportagem já de si tão pobre e tendenciosa? Para quê investir na qualidade da informação quando se pode dizer mentiras chorosas como "Todos os locais são densamento povoados em Gaza" e mostrar o senhor da ONU a chorar?

Sim senhor, belo trabalho. Parabéns SIC.

3 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.

Anónimo disse...

nunca e demais dizer te que és um verdadeiro atrasado mental

tens a tripa cagueira ligada a essa massa cinzenta que tens na cabeça

tiveste uma infância assim tão infeliz?

já vem de trás?

já foste a Cisjordânia meu anormal, ou a Faixa de Gaza?

quanto te pagam?

MM disse...

Ora bolas, quando vi este título pensei que iria ver jornalismo de sarjeta a sério, daquele de rebentar os bofes a um cabrito. Afinal é uma notícia que envergonharioa quialquer sarjeta. Por acaso a notícia podia até ter mencionado a ajuda que os habituais dadores do Hamas tem estado a fazer secar lentamente porque realmente não vale a pena. Dos milhões doados afinal apenas uma parcela pequenina chega para os fins a que tão nobremente se destina ficando o resto "colado" aos bolsos de quem ganhou eleições contra a Fatah por estes serem corruptos (essas eleições também fariam um belo volume), e do que sobra é investido em mais foguetes da treta que nem sequer acertam em nada, e mais materiais de construção para fazer mais dos tais famosos túneis que também não vão dar a parte alguma. Ser Judeu é chato. Não só ter que se aturar uns vizinhos impossíveis como também ser perseguido em todo o lado...