sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Quando não existe, inventa-se

De um momento para o outro surgiu a expressão crise política. Muita gente faz crer que existe uma em Portugal, mas a verdade é que não existe: Portugal tem um governo eleito, com maioria no parlamento e com legitimidade para governar. A crise política é apenas uma invenção das esquerdas, que tem como objetivo derrubar o atual executivo e restaurar aquilo que elas julgam ser a normalidade democrática: meter novamente os socialistas no Governo ou algo parecido. Também há quem sonhe com um governo salvador apoiado pelo Presidente.

3 comentários:

Guilherme Antonio Morgado disse...

Você das duas uma: ou é mal formado ou deve andar noutro planeta.

DL disse...

Não consegue argumentar mais do que isso? Há muitas pessoas que vêm aqui e que em vez de discutirem o que eu escrevi, se põem a adjetivar-me...

esse antonio disse...

Cá para mim quem é mal formado ou anda noutro planeta é o GAM... Deve estar cheio de vontade que o Cavaco faça algo parecido com o que fez o Sampaio...