segunda-feira, 30 de julho de 2012

Um homem com qualidades

Claro que António Costa tem qualidades para ser secretário-geral do PS. E não são poucas: passou pelos 6 anos de socratismo sem nunca ter emitido um ai em relação à situação calamitosa em que o seu partido colocou o país; geriu a Câmara de Lisboa de forma discreta e a salvo do escrutínios da imprensa; e aproveitou como ninguém as suas prestações de comentador nas mais de 200 emissões da Quadratura do Círculo em que participou. Se a isto tudo se juntar a argúcia que possui e o palavreado fofinho que costuma usar, facilmente rebentará a escalada das qualidades e dará um excelente líder. Nem terá de se preocupar com as comparações, porque foi precedido por António José Seguro.
O que não se esperava é que Costa abrisse o jogo tão cedo. Na certa detetou alguma vantagem em fazê-lo já. A par da modéstia, o cálculo, a previsão, a planificação e a gestão dos timings são outras das suas enormes qualidades.

1 comentário:

ricardo Gonçalves disse...

Venho deste modo apresentar-lhe o meu novo projecto. Trata-se de um novo blog que pretende fazer uma análise clara e concisa sobre a actualidade nacional e internacional.
Este projecto surgiu no seguimento do término da minha licenciatura na Faculdade de Economia do Porto (FEP). Sempre me interessei bastante pelas questões macroeconómicas, mas entendi que só após a minha licenciatura estaria preparado para abordar estas questões com o rigor que se lhe exige. Gosto de fazer análises credíveis e baseadas sempre em estatísticas credíveis, como irá reparar ao visitar o blog.

PS: o link do blog é http://ecoseconomia.blogspot.pt/