terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Deviam estar-lhe agradecidos

Pouco depois de Ariel Sharon ter sido sepultado junto da sua mulher na quinta da família no Neveg, os palestinianos dispararam dois rockets a partir de Gaza. A morte de Sharon tem sido efusivamente comemorada pelos palestinianos de Gaza e não só. Um absurdo tendo em conta que foi precisamente Sharon que ordenou a desocupação de Gaza por parte de Israel, sem a qual o Hamas jamais teria colocado as suas garras na Faixa. Deviam estar-lhe agradecidos.

1 comentário:

I. B. disse...

A gratidão é uma planta delicada, que requer cultivo cuidado.
Ironicamente (ironia amarga, já se vê), a primeira acção dos árabes quando lhes entregaram Gaza, foi arrasarem as estufas de flores lá deixadas pelos israelitas.

Israel Bloom