terça-feira, 19 de agosto de 2014

Onze violações, onze

2 comentários:

Anónimo disse...

http://www.publico.pt/mundo/noticia/escolher-israel-1666913

Anónimo disse...

Este post é puramente falso e tenho uma profunda vergonha que um propagandista como o senhor(a) (se é que se lhe pode chamar tal) seja da minha nação.
Desejo apenas que não seja judeu, que para má imagem dessa religião já basta o Estado, que se auto-denomina de Judeu, de Israel.
Honestamente ter uma opinião é uma coisa, falsear factos é outra. Devia ter vergonha na cara.