quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

4,4%

A economia israelita acelerou no 4º trimestre de 2009, crescendo 4,4%. Este valor foi muito impulsionado pelo consumo privado, que subiu 4,4%, e pelas exportações, que tiveram um aumento de 33%. No mesmo período as importações apenas subiram 13,8%. Com estes resultados o Bureau Central de Estatística coloca o crescimento do PIB do ano passado em 0,5% e estima que o deste ano seja de 3,5%.
A economia de Israel sai assim rapidamente da curta recessão de 2009, e põe a milhas as economias dos países governados por cigarras socialistas.

4 comentários:

Ramiro Marques disse...

Levy
Temos de trazer para Portugal os governantes israelitas. Os media portugueses silenciam o que se passa em Israel.

Levy disse...

Ramiro,

duvido que quisessem vir lol.
Os média portugueses estão dominados por alguma esquerda, e por conseguinte pelo "palestinianismo".

mariagaby disse...

"Cigarras socialistas" foi do melhor que já ouvi chamar ao Socras e sus bambinos e bambinas!
E nós, as Formiguinhas, cá continuamos na dobadoira do costume!

Levy disse...

Gaby

Bambinos e bambinas?? ah ah ah Isso não é italiano? Agora assim de repente lembra-me qualquer coisa...