domingo, 7 de fevereiro de 2010

A última soarista

Clara Ferreira Alves está na SIC Notícias a fazer uma pirueta. Depois de passar semanas a defender José Sócrates, no chamado caso da TVI,  aparece agora com um ar de sonsa surpreendida pelos indícios que o primeiro-ministro tinha um plano para controlar esta estação televisiva  e o Jornal Público. Há poucos meses a última soarista justificou o injustificável, e disse de Moniz e de Moura Guedes o que Moisés não disse do toucinho. Na ânsia de defender Sócrates deixou escapar uma frase assassina sobre o Jornal Nacional da TVI: "se não o tentaram calar, deviam ter tentado, porque aquilo era execrável".
Clara Ferreira Alves, com  esta pirueta, demonstra mais uma vez que já está há muito tempo com os dois pés dentro do viracasaquismo nacional.

5 comentários:

João António disse...

Essa sra se tivesse alguma vergonha calava-se, depois de chamar ignorantes a todos os que não concordavam com o socratismo. Esse tipo de comentadores está-se a multiplicar, por toda a comunicação social neste país.
Bfs

Levy disse...

Caro João António

eles vivem disto. Quanto pior, melhor, mais comentários há para fazer.

Bom fds!

mariagaby disse...

O problema não são só os pés!! O problema é a cabeça!!Estar com a cabeça dentro do cretinismo/soarismo/socratismo é que é o verdadeiro problema!
E o ar de preocupação dela? Até lhe fez levantar os três pêlos e meio que tem no alto da moleirinha!!!

Levy disse...

Gaby

Ela até já foi uma santanete. E depois disso disse cobras e lagartos do Santana Lopes.

Ramiro Marques disse...

Levy
Essa senhora sempre viveu à mesa do orçamento socialista.
É ridícula.