quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O que dizem os outros

 Ser professor de Matemática no Reino do Eduquês
Andámos quase trinta anos a dar pancada no ensino directivo, nos métodos expositivos, nos exames e no uso da memória no processo de aprendizagem.  A memória, palavra proibida, deu lugar à aprendizagem significativa. O esforço, palavra proibida, foi substituído por actividades lúdicas. O aluno deu lugar ao aprendente. Os conteúdos passaram a chamar-se competências. E o resultado está à vista.
A retórica do eduquês tomou conta da Inspecção Geral do Ensino e da DGIDC e todos os órgãos e intervenientes de controlo pedagógico estão contaminados por ela. Resultado: há palavras proibidas no léxico da Pedagogia. E as escolas e os professores têm de fingir que acreditam na retórica do eduquês, plasmando-a nos relatórios de prestação de contas. A consequência foi a generalização da mentira. Do faz-de-conta. Quanto mais uma escola interioriza a retórica do eduquês, maior é a probabilidade de obter menções de Muito Bom nas avaliações externas. E as menções de Muito Bom na avaliação externa dão quotas mais generosas de Excelente e de Muito Bom para os funcionários e os professores. E a mentira continua contaminando todos domínios da escola.(Continue a ler)
Por Ramiro Marques, no ProfBlog

5 comentários:

Ramiro Marques disse...

Obrigado, Levy,pela referência.

Maria Ribeiro disse...

LEVY: 100% de acordo com tudo o que demonstra este artigo do RAMIRO MARQUES...Os nossos colegas não acreditam em nada do que fazem de conta que acreditam... mas, infelizmente, está tudo contra eles...
BEIJO de
LUSIBERO

Levy disse...

@Maria

Continuo sem conseguir comentar o seu blogue. Não consigo fazê-lo em blogues que têm os comentários incorporados na mesma página das postas. Só consigo em comentários pop up. Está assim há 1 mês.

bj

mariagaby disse...

Também pode ser " Ser professor de Inglês no Reino do Eduquês" ( até fica mai lindo porque rima! lol)

"Quanto mais uma escola interioriza a retórica do eduquês, maior é a probabilidade de obter menções de Muito Bom nas avaliações externas." Epá, isto é "cagente"! A nossa vai chegar ao MB+++!!

Se não fosse dramático, era mesmo para rir e a bandeiras despregadas!

Levy disse...

@ Gaby

Pode ser prof de qualquer coisa, desde que seja no reino do eduques, está tudo bem.

A nossa já lá está!!! Temo até que já esteja no Excelente+!!