quarta-feira, 21 de março de 2012

Mais uma vítima da barbárie israelita

A baronesa Ashton diz-se vítima das grosseiras distorções feitas pela imprensa às suas declarações sobre o ataque de Toulouse, mas pelo sim pelo não o vídeo onde aparecia a comentá-lo foi removido do site da UE.
A par das crianças palestinianas, Ashton é mais uma pobre vítima da barbárie israelita, desta feita nos média ocidentais.

3 comentários:

João Monteiro disse...

Para quem não saiba, esse vídeo com as comparações da senhora Ashton, pode ser visto aqui: http://www.israelnationalnews.com/News/News.aspx/154002#.T2ppmxEaMTA ou em http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=NNuM3fBntJg

André disse...

Quem não deve não teme. Pelos vistos a baronesa deve. Mais valia pedir desculpas do que culpar os mensageiros das suas próprias palavras.

Shalom!

AA

Anónimo disse...

... mas o que é que se podia esperar de uma «baronesa»?...
AM