segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Distrairam-se e apanharam um

Isaltino Morais, presidente da Câmara de Oeiras, foi hoje condenado a sete anos de prisão efectiva e a perda de mandato. Bem como a pagar uma indemnização de 463 mil euros ao Estado.
Distraíram-se a apanharam um... por enquanto, porque se Isaltino Morais aderir à prática nacional de pedir recurso atrás de recurso, a sentença será suspensa e é bem provável que ainda não seja desta vez que alguém nestas posições seja preso. De qualquer das formas, já é uma derrota do estilo "Chico esperto" que tão bem caracterizou o presidente Câmara de Oeiras.
Para além da esperteza, o Dr. Isaltino beneficiou ainda de outra vantagem: teve livre acesso aos meios de comunicação social. Várias vezes prestou declarações, dizendo o que bem entendia e sem qualquer contraditório.
Apesar disso, a esperteza e a verborreia não lhe serviram de muito, pois da condenação já ninguém o livra.

3 comentários:

Maria Ribeiro disse...

Que felicidade, LEVY! Ao menos esse "ladrão", já cá canta, mesmo que ele faça os pedidos de recurso!Com as peneiras dele, até lhe devem ter caído os ....... aos pés!
Beijo de lusibero

Levy disse...

@ Maria,

é melhor não atirar-mos foguetes ainda. É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha que um presidente de câmara preso.

Anónimo disse...

Parabéns aos juizes! Até que enfim alguém não se acobardou!!!!