segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Esquerda champanhe

Não há um único electricista entre a lista de apoiantes do candidato comunista Francisco Lopes. E operários e agricultores também não. Apenas gente das artes e de boas posições.
O operariado e o campesinato são duas classes muito giras, das quais os comunistas estão sempre a falar, mas depois acabam por ser uma maçada porque estragam o bom ar dos salões.

4 comentários:

Daniel Santos disse...

questões estéticas... podem usar os nomes, mas os opera+rios não ficam bem na fotografia.

David Levy disse...

Para os comunistas pelos vistos não ficam...

o castendo disse...

É impressionante como quando se fala de comunistas certas pessoas inteligentes como que estupidificam e deixam mesmo de saber ler!
«É uma primeira lista, seus míopes envinagrados!»
http://tempodascerejas.blogspot.com/2010/10/nada-fazer-esta-lhes-na-massa-do-sangue.html
Francamente desilude-me...

David Levy disse...

Caro Castendo

Foi apenas uma observação bem humorada. Não se apoquente.

Eu não ando aqui para iludir ninguém, e nem para agradar. Lamento que fique desiludido, mas se for por ai, também devia ficar com quem apelidou os outros de "míopes envinagrados".