sábado, 23 de outubro de 2010

Novas mentiras

Vale a pena ler a entrevista do director da Agência Nacional para a Qualificação, Luís Capucha, deu ao jornal Público acerca do programa "Novas Oportunidades". Está lá tudo esclarecido: desde o desconhecimento se este "ensino" é mais caro que o regular, até ao admitir que é possível alguém passar do 6º  para o 12ºano em poucos meses. O discurso utilizado é invariavelmente o que os socialistas usam quando falam de escola, outra coisa não seria de esperar, mas o que é verdadeiramente surpreendente é que esta gente não tenha o mínimo pudor em repetir num jornal as asneiras clamorosas com que está a enterrar o ensino em Portugal.  Prova que no mundo de pessoas como Luís Capucha, só existe o eduquês e a sociologia da batata. Não foi por acaso que a ex-ministra Maria de Lurdes Rodrigues o escolheu para o lugar.

2 comentários:

Joaquim Simões disse...

http://aperoladanet.blogspot.com/2010/10/escola-da-pobreza-e-da-sujeicao.html

joshua disse...

Caro David, desonestidade nas finanças, desonestidade no Ensino. DESONESTIDADE TOTAL, eis a marca d'água do "socialismo".

Pelos frutos se conhecerá a árvore.