sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Eu hado, tu hádes, eles hádem

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, que ainda há dias na TVI dissertava sobre os males do mundo e da pátria, declarou hoje no Parlamento que "Há portugueses que não sabem o que é que hádem fazer à vida!". Mais uma pérola que demonstra bem o nível de preparação da classe política portuguesa. Pior que isto só mesmo o bad english  do 'engenheiro' chico-esperto.

4 comentários:

R disse...

Acho que demonstra melhor o background do Sr.

David, o PCP é muito mau, mas pegar pelo "hadem" e atirar para a classe política toda é um bocado idiota, desculpa lá :P

Olha, estou a ler o "Israel: A History" do Martin Gilbert, em versão portuguesa. Já leste? Estou a gostar muito :)

David Levy disse...

Caro R

é um exemplo demonstrativo. Não sou dos que passa o tempo a bater na classe política, mas desta vez teve de ser, porque o nível é cada vez mais baixo.

Já li e gostei.

Joaquim Simões disse...

Nada disso! Se o PCP é o único, o verdadeiro, o legítimo partido do povo, então tem que falar na linguagem do povo. E o povo fala como o antigo e o moderno analfabetismos fala.
É só uma questão de coerência entre a ideologia e a prática.

Anónimo disse...

Mas é que há mesmo portugueses que não sabem o que hão-de fazer à sua vida... O homem só não conjuga bem mas falou verdade pois a Pátria dele não é a língua portuguesa, já sabemos!!