quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Notícias da paz

1 comentário:

RockyBalbino disse...

Líder Muçulmano pede destruição das igrejas Cristãs

Se no Ocidente, os líderes muçulmanos pedem o fim da intolerância ao Islamismo, por outro lado, perseguem os adeptos do cristianismo no mundo islâmico.

Um bom exemplo foi a declaração do maior líder islâmico da Arábia Saudita, o sheik Abdul Aziz bin Abdullah, que afirmou ser necessário destruir todas as igrejas cristãs da Península Árabe.

O comentário foi uma resposta ao questionamento de uma delegação do Kuwait, onde um membro do parlamento recentemente também pediu que igrejas cristãs fossem retiradas do país.

Abdul Aziz se baseou nas palavras do profeta do Islã, que teria dito em seu leito de morte: ‘Não pode haver duas religiões na Península [árabe]’.

Os cristãos da região estão preocupados, pois o líder islâmico tem bastante influência na região, já que é o presidente do Conselho Supremo dos estudiosos islâmicos, e também preside o Comitê Permanente para a Investigação Científica e Emissão de Fatwas.

Fonte: Arabian Business