sexta-feira, 4 de julho de 2014

Trabalhistas e Casa Judaica sobem nas sondagens

Yitzhak Herzog, líder do Partido Trabalhista e da Oposição
Naftali Bennet, líder da Casa Judaica
Se as eleições fossem agora o Likud teria 28 deputados (31 atualmente), os Trabalhistas ficariam em segundo lugar com 21 (15 atualmente), seguido pela Casa Judaica com 18 (12 atualmente). O Yesh Atid obteria 13 (19 atualmente) e o Meretz 12 (6 atualmente). No campo dos religiosos o Shas e o Judaísmo Unido da Torah obteriam 7 mandatos cada um (atualmente Shas 11 e UTJ 7). O Hatnuah teria 3 (6 atualmente) e o Kadima não teria deputados (atualmente tem 2). Nos partidos árabes o  Hadash (comunista Judeu e árabe) e a Lista Árabe manteriam os seus 4 deputados cada um e o Balad os seus 3 assentos. Por blocos a esquerda e a direita ficariam empatadas com 60 mandatos cada uma.
O Hadash é o partido mais à esquerda e o Casa Judaica o mais à direita.

2 comentários:

José Jesus disse...

Naftali Bennet é o Homem!

J.J.

I. B. disse...

http://amigodeisrael.blogspot.pt/2014/07/o-jornalismo-assassino-de-que-falamos.html