terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Grandes ícones da propaganda socretina

Os tão gabados estádios do Euro 2004, aqueles que eram um "investimento público" decisivo e necessário ao desenvolvimento do país, começam a apresentar os balancetes. O Estádio de Leiria é um deles: orçado inicialmente em 19,5 milhões de euros, já vai em 90 milhões. Como se isso não bastasse, tem despesas de manutenção na ordem de 5 mil euros/dia, quase 2 milhões/ano. Ninguém em Portugal é julgado no pelourinho?

2 comentários:

Anónimo disse...

Cuidado que vem aí outra loucura...a candidatura aum mundial.

Levy disse...

@ anónimo

é mesmo dessa loucura que estamos a precisar.