terça-feira, 8 de março de 2011

As mulheres árabes em Israel: cenas do dia-a-dia em Jerusalém

Enquanto em muitos países árabes as mulheres são proibidas de conduzir, em Israel muitas conduzem...

... e outras deslocam-se livremente de autocarro.

As meninas do Liceu andam descontraidamente pelas ruas....

... as universitárias frequentam as universidades israelitas...

... e algumas chegam a médicas nos hospitais.

Andam por todo o lado...

... na cidade velha...

... e nos bairros novos.

Vestem roupas...

... de todos os tipos...

... e cores.

Fazem compras no comercio local...

... no centro comercial Mamilla...

... no Mercado Mechane Yehuda...

 ...na Rua de Jaffa...

... e em Talpiot.

Podem comer na esplanada ou no restaurante...

... andar com um companheiro do sexo masculino...

... com crianças pequenas...

... ou simplesmente sozinhas.

As mulheres árabes não têm medo, nem são proibidas de circular livremente em Israel. O país que as carpideiras do politicamente correcto acusam de ser um estado-apartheid
Seria deveras interessante ver imagens destas vindas da Faixa de Gaza, ou de qualquer outro local governado pelos islamo-fascistas apoiados pela extrema-esquerda feminista europeia.

8 comentários:

Anónimo disse...

E eu a pensar que as imagens eram do Irão, da Arábia Saudita, de Gaza, esses locais exemplares no tratamento das mulheres!
F.G.

provocação disse...

Bando de idiotas, se fossem mas é ver se chove, tomara as próprias portuguesas serem respeitadas como qualquer judeu respeita a mulher tomara muitas viverem como se vive em Israel que tirando o que se sabe por causa dos idiotas do costume é mais civilizado que muita Europinha que temos.

Anónimo disse...

Muito, Muito Bom!!!

fiat lux disse...

Que raio de post! E isso quer dizer o quê?
Que a Europa, os EU, o Canadá, o Japão, estão autorizados a bombardear e guetizar os vizinhos?

joshua disse...

Fantástico. Uma Democracia Avançada e mais nada.

EJSantos disse...

Excelente.

fiat lux disse...

Muito avançada... Nós, os países que estamos cá no nosso cantinho, não roubamos terras nem bombardeamos ninguém devemos ser uns atrasadinhos da silva...

Aprendiz disse...

Quem roubou terras? Compraram a preço caro, as terras mais estéreis, desertos e pântanos, e os transformaram em plantações. Aceitaram sem prestanejar uma decisão da ONU que lhes dava governo autônomo numa área muito pequena, onde realmente eram maioria a esse tempo.

Defendendo-se da agressão dos vizinhos que seu território cresceu. E lá vem você dizer que eles são os culpados de tudo, e que seus vizinhos são uns amores.

Finalmente, até onde sei, os israelenses não estão bonbardeando ninguém, os seus vizinhos da faixa de Gaza é que estão. Logo logo receberão mais mísseis do Irão, e começarão novamente a chover mísseis sobre Israel todos os dias. Quando finalmente o governo israelense não tolerar mais a situação e revidar, dirão que é um governo genocida.