segunda-feira, 7 de março de 2011

Notícias do Estado Socialista

A notícia relata que 125 mil portugueses perderam o abono de família em Janeiro, mas na realidade deveria antes dizer: mais 125 mil portugueses perderam o abono de família. O corte já atinge pelos menos os 510 mil beneficiários, se aos de Janeiro se somarem os 385 mil de Novembro.

4 comentários:

Daniel Santos disse...

O resultado do OE bloco central.

Anónimo disse...

Foi bem antes do OE... foi em Novembro... agora, em janeiro,(não sei se repararam escrevi Janeiro segundo a merda do acordo ortográfica) foi só limar mais umas arestas.

Cris mary disse...

Ora bem eu no ano de 2009 nao abrangi o escalão de IRS porque o meu ordenado bruto mensal era (e continua a ser este ano) de 523 euros, sou divorciada tenho duas filhas na escola e depois de ter feito a "famosa" declaração de rendimento à segurança social baixaram-me o abono de familia de 40 euros para cada uma para 17,8 euros!!
Isto será por causa que quê???
Enfim....

David Levy disse...

@ Cris

Por causa da incompetência. Eu não sou daqueles que está sempre a mandar as culpa para o Governo, nem vou atrás de demagogias, mas neste caso é mesmo devido a incompetência.
Os tipos metem-se em tudo, regulam tudo, gastam dinheiro com tudo. Depois não há para o essencial: manter os abonos de família.
Todos temos razões de queixa. Eu pessoalmente levei um corte de 3,5% no salário, a que se juntam + 1% para a ADSE no 13º e 14º mês, + 1% para a CGA, + 1,5% IRS, + congelamento das progressões (não subo desde 2005). Se a isto juntarmos os 2% de inflação deste ano, isso significa que num ano perdi quase 9% do poder de compra.
Não os suporto.