sábado, 26 de junho de 2010

Adivinhem quem voltou

 Maria de Lurdes Rodrigues, hoje no Expresso, a destilar o seu ódio contra os professores. Parece uma daquelas criaturas dos filmes de terror, que já todos julgam morta, mas que quase no fim ainda aparece para pregar mais um susto.

5 comentários:

RioD'oiro disse...

Hoje, aos comandos do ensino, só bruxas e zombies.

Toutinegra Futurista disse...

E o ar alienado...

Anónimo disse...

paulo

caro david
não entendo, sinceramente a aversão a serem avaliados como nas restantes profissões
é por isso que tenho aminha filha numa escola privada

David Levy disse...

Caro Paulo

1º - Quando diz outras profissões, deve querer dizer algumas profissões;

2º - Duvido que os professores sejam avaliados como as algumas das outras profissões: não acredito que haja empresa que funcione e seja rentável com um sistema de avaliação como o dos professores, em que não se faz outra coisa que não seja recolher papel;

3º - Defendo a avaliação, em moldes parecidos com os do ensino privado. Mas faz-me um pouco de confusão esse preconceito contra o ensino público...

4º - O sistema de avaliação dessa senhora da fotografia produziu 99,5% de professores com BOM ou superior, e apenas 0,5% de professores com REGULAR ou INSUFICIENTE. Acha isto normal? Com professores deste gabarito pode trazer a sua filha para o ensino público...

Daniel Santos disse...

até tive medo.