segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Aspirinas

O que o BCE fez hoje com a compra da dívida da Espanha e da Itália foi o mesmo que andou a fazer durante semanas com a dívida portuguesa. Na altura o primeiro-ministro Sócrates, aproveitando o embalo da ajuda do BCE, jurava a pés juntos que não havia necessidade da vinda do FMI. Viu-se. De certeza que Zapatero e Berluscuoni estão neste momento a jurar o mesmo.

4 comentários:

Anabela Magalhães disse...

De certeza que tanbém andam a fazer de palhaços.

David Levy disse...

É o que eles são. Fazem de si próprios.

Cirrus disse...

Já lá moram...

Daniel Santos disse...

isto vai tudo ao fim.