sexta-feira, 30 de novembro de 2012

A farsa

A nova avaliação do desempenho docente surgiu esta semana em força nas escolas. Os defeitos da coisa continuam lá todos, assim como o emaranhado legislativo, só que desta vez há uma novidade: os professores terão de desenvolver todo o processo de avaliação fazendo de conta que progredirão na carreira, quando já se sabe que para 2013 as progressões estão congeladas. Nem Lurdes Rodrigues se atreveu a uma farsa tão grande.

1 comentário:

Frederico Gastão disse...

DL

Aqui estou plenamente de acordo. É uma farsa de todo o tamanho.