sábado, 17 de novembro de 2012

Manifestaçãozinha

Manifestação de 'apoio a Gaza' hoje em frente à Embaixada de Israel em Lisboa
Nem vale a pena perguntar onde estes ativistas estavam há uma semana quando o Hamas começou a lançar rockets sobre as cidades do sul de Israel, mas sim: onde estiveram durante toda a guerra civil na Síria? Quantas manifestações fizeram pelas 9 mil vítimas?

6 comentários:

Anónimo disse...

Será que andavam nos ginásios a exercitar os braços para praticarem lançamento de pedras?
AM

RockyBalbino disse...

Que estranha doença mental fará esta malta acocorar-se perante todas as tiranias do mundo, apoiar terroristas, e odiar a democracia e a paz? Quando digo 'esta malta' digo o PCP, que condena veementemente os 'ataques' de Israel, e não tem nunca uma palavra para condenar os bombistas suicidas e os bombardeamentos dos terroristas palestinianos. Não só não os condena como deve festejar.

RB

Anónimo disse...

Sacrificando a Erudição pela eficência: "Filhos da Puta"

Anónimo disse...

Mas os ladrões de terras sionistas já abandonaram a Margem Ocidental e organizaram em todo o país eleições one man one vote, independentgemente da religião de cada um ? Não ? Então a legítima defesa dos ocupados continuará...Fogo à peça...

RockyBalbino disse...

«Fogo à peça», não é verdade, apoiante do terrorismo? Quando o teu amigo Maomé nasceu já os Judeus existiam em Israel há milhares de anos, meu amiguinho. Israel regressou à sua terra, mas nem fez como D. Afonso Henriques, que foi correndo com os muçulmanos. Israel é pela convivência pacífica, mas infelizmente a tua gente só aceita o extermínio do Estado Judaico com os Judeus incluídos. Em compensações, o Sr. Abbas declara que em Estado Palestiniano nem um Judeu tem entrada. Tem havido um Holocausto de Judeus e Cristãos nos países Muçulmanos, meu amiguinho. E disso tu não falas. O teu amigo Amhadinejad tem ali um regime que ainda é capaz de ser mais democrático, livre e feliz que o da Coreia do Norte. Não queres ir para lá? Agora que o teu amado Osama se foi, seria uma espécie de consolação, hein?...

Beijinhos!

RB

Anónimo disse...

Essa gente que se manifesta contra Israel é a mesma canalha que vive à conta dos meus impostos. Não quer trabalhar,são subsidio-dependentes...sim,trabalho não falta mas essa canalha quer apenas atirar umas bacoradas em defesa dos terroristas. Atenção que quem apoia terroristas devia ser vigiado pelas autoridades policiais.

Força Israel!