terça-feira, 31 de agosto de 2010

As conversações de paz segundo a perspectiva do Hamas

Quatro israelitas foram assassinados ontem à noite numa emboscada levada a cabo por terroristas perto de Gush Etzion. As vitimas eram moradoras em Beit Hagai e pertenciam todos a mesma família. Duas eram mulheres, uma delas grávida. 
Um oficial das forças de segurança palestinianas acusou uma célula do Hamas de estar por detrás do  sucedido. Por sua vez, a organização terrorista palestiniana reconheceu a responsabilidade  pelo atentado, mas informou que este não teve como objectivo boicotar as conversações de paz, porque elas já falharam mesmo antes de começarem.

2 comentários:

Cirrus disse...

É o Hamas ao seu melhor estilo...

David Levy disse...

No seu único estilo...