domingo, 15 de agosto de 2010

Os professores são todos iguais, mas uns são mais iguais que outros

(Clique na imagem para ampliar).
Há milhares de professores contratados em Portugal que ainda não sabem onde serão colocados no próximo ano lectivo. Se as coisas correrem como de costume,  dia 31 de Agosto às 23:59 ficarão a saber. Mas há outros professores que não têm de passar pelo mesmo:  os  professores destacados nas direcções regionais de educação e afins. Para estes casos a DGRHE trabalha depressa, como se pode ver aqui.  
No meio dos felizes  presenteados destacados está Margarida Moreira -  ex-directora da DREN, famosa pela sua gestão pidesca, por não saber escrever comunicados e  por achar que os alunos têm naturalmente direito ao sucesso - que foi contemplada com uma vaga no inútil, obscuro e despesista GEPE (Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação).
Confirma-se mais uma vez que a nomenklatura eduquesa socialista, perita que é a dar palpites sobre educação, raramente ou nunca entra em contacto com o objecto dos seus delírios pedagógicos: os alunos. Os professores são todos iguais, mas uns são mais iguais que outros. 
Via ProfBlog

2 comentários:

Ramiro Marques disse...

Nada mais certo. O sonho dos professores socialistas é fugirem da sala de aula e arranjarem um refúgio onde mandem postas de pescada.

David Levy disse...

Alias Ramiro quanto mais longe estão dos alunos mais prestigio e poder têm. Não é por acaso que directores uma vez, directores sempre.