domingo, 24 de julho de 2011

A culpa é sempre dos professores...

... e quando não se quer dizer que é dos professores, porque já parece mal, diz-se que é das escolas. Nada de novo portanto. 
O que aparentemente parece novo é a conclusão a que chegou o director do Gave, Helder de Sousa, que afiança que os maus resultados dos exames nacionais são consequência "do ajustamento do nível de exigência, concretizado numa acrescida complexidade de algumas perguntas e na procura de um maior rigor na definição e aplicação dos critérios de classificação." Ou dito de outra maneira: até agora os exames eram fáceis e não havia grande rigor nas classificações. Prova disso foi a contínua e espectacular melhoria dos resultados de Matemática de 9º ano, que em pleno consulado lurdesrodriguista - e em apenas dois anos - passaram de 27% para 68% de positivas. O Gave ao serviço do sucesso.
Mudado o Governo, sopram agora outros ventos, e o Gave parece estar a acompanhar a direcção do sopro e a tirar as conclusões certas.

3 comentários:

RioD'oiro disse...

Para essa malta a culpa será sempre dos professores porque no mundo niilista deles apenas a selva deverá prevalecer ... regulada e regulamentada por eles.

Aproveito para declarar que continuo preocupado porque detecto uma quantidade substancial de militantes niilista entre os próprios professores. E não estou certo desse assunto estar na ordem do dia entre os próprios professores. Evidentemente que o que afirmo de baseia unicamente na 'estatístca' pessoal daquilo que oiço e daquilo que me apetecia responder mas que rebentaria com o ténue canal de comunicação que, por vezes, apenas tem capacidade para funcionar de lá para cá.

Enfim, como dizia alguém que conheço, viver é fácil. Difícil, é saber viver.

Joaquim Simões disse...

Mudam-se os ventos, mudam-se as vontades...
La, la, la...

Joaquim Simões disse...

Perdão!, as verdades. É que temos tendência a esquecer letras conhecidas.