terça-feira, 26 de julho de 2011

Hamas executou dois palestinianos

O grupo terrorista Hamas anunciou hoje que executou 2 palestinianos que alegadamente teriam espiado a favor de Israel. Os dois executados - pai e filho - haviam pedido recurso da sentença, mas tal não  foi atendido, pois segundo o Hamas ambos confessaram ter fornecido informações a Israel.
Até ao momento ainda não se ouviu qualquer protesto dos activistas da 'flotilha da liberdade' e pacifistas associados. Devem estar de férias.

5 comentários:

Cirrus disse...

O ódio é coisa bonita.

Anónimo disse...

não o odio é coisa muito feia seja ele donde vier

Anónimo disse...

Qual o recurso da sentença de construir colonatos em terreno palestino?
Qual o recurso para o amiúde, em curso, de bombardeamentos das áreas do inimigo que se encontram ocupadas pelos israelitas (antigos palestinos)e que são a razão da instabilidade local e da(s) região (ões) vizinhas? Qual?

Joaquim Simões disse...

Seriam eles dois elementos da Resistência Palestiniana à Resistência Palestiniana, que lutam por uma Palestina integrada num estado democrático como é o Estado de Israel, liberta dos facínoras corruptos do Hamas?

Joaquim Simões disse...

"Qual o recurso da sentença de construir colonatos em terreno palestino?"

Então e os espanhóis, que construíram colonatos em Badajoz e em Olivença, sem esquecer Tui, a pretexto de serem territórios anexados ao abrigo das leis da guerra? Hmmm? Que tal por começarmos por resolver o que nos diz directamente respeito, antes de nos voltarmos para o alheio? 'Bora a um movimento de resistência, oh defensores das inalienáveis liberdades? Lá por ter sido há um ror d'anos, o problema não deixou de existir.