quarta-feira, 13 de julho de 2011

Os ataques ao euro dos tenebrosos especuladores finaceiros e das pérfidas agências de rating

Resultado: o euro não pára de se valorizar. Vale 1,41 dólares.

7 comentários:

Anónimo disse...

O dólar também insiste em se desvalorizar.

RioD'oiro disse...

"O dólar também insiste em se desvalorizar."

Claro. Por causa dos ataques ao dólar dos tenebrosos especuladores finaceiros e das pérfidas agências de rating.

David Levy disse...

@ RioD'oiro

Tirou-me as palavras da boca. Para a ideologia dominante a culpa é sempre dos especuladores e afins. É impressionante o nível da gritaria, mas ainda é mais ver pessoas de altos cargos a debitarem estas baboseiras contra os "especuladores" e contra as "agências".

Anónimo disse...

Curioso, eu não disse nada disso. Discordo totalmente das teorias de conspiração que têm vindo a aparecer nesse sentido, mesmo por parte dos partidos de centro/direita.

De resto, a questão da desvalorização do dólar é um facto, que se consuma para fazer face à desvalorização da moeda chinesa. É uma guerra entre eles (não esquecer a enorme dependência de uns face a outros porque a china compra a dívida pública americana...) que também nos afecta a nós.

RioD'oiro disse...

"para fazer face à desvalorização da moeda chinesa"

Claro. A desvalorização da moeda chinesa resulta de um tenebroso ataque perpetrado pelos tenebrosos especuladores finaceiros e das pérfidas agências de rating.

Anónimo disse...

Não, resulta de uma espécie de terrorismo monetário que é a base do capitalismo globalizado, cada vez mais orientado para proteccionismos.

Cirrus disse...

Não há ataque nenhum. Não há teoria nenhuma. Não há crise nenhuma e está tudo bem no reino da Europa.

Imaginem se houvesse...