quinta-feira, 6 de maio de 2010

Falta disciplinar

A ministra da Educação, Isabel Alçada, foi hoje condenada por desobediência ao tribunal pelo facto de o Ministério da Educação (ME) não ter ainda suspendido os efeitos da avaliação no concurso para professores contratados.
Como é que é possível disciplinar o sistema educativo se o topo se comporta como os alunos indisciplinados? Que moral tem a ministra Alçada quando fala em disciplina e autoridade na sala de aula? As respostas são simples: não é possível, e nenhuma.
Em apenas 24 horas conheceram-se mais dois exemplos da cretinice larvar que mina o partido do governo: num dia um deputado ladrão, no outro uma ministra indisciplinada.

2 comentários:

Maria Ribeiro disse...

E ainda não sabemos "tudo", LEVY...
Este partido que está nos tachos de PORTUGAL, que só desgoverna, perdeu a honra, por completo! E quando se perde a honra, já não há mais nada a perder...Resta-lhes, nos paraísos fiscais os dinheiritos que foram desaparecendo dos nossos cofres, das nossas reformas, do nosso porta-moedas...
Mas alguém, alguma vez acreditou em Isabel ALçada...? Naquele sorriso que é mais um esgar de submissão ao "grande leader", que um traço de identidade pessoal?

BEIJO DE LUSIBERO

David Levy disse...

Maria :)

Por aqui ninguém acreditou nela. O problema do PS com a educação é muito simples: é ideológico. Por isso quem quer que venha de lá vai fazer asneiras em cima de asneiras.
Quando eles saírem de lá ficaremos muito mal. Cretinos.