quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Dedicado ao dr. Miguel Sousa Tavares

Como prova da incompetência e da irresponsabilidade do Eng. Sócrates, e como resultado de 15 anos de socialismo, o Governo decidiu adoptar várias medidas para reduzir as despesas. Os professores, para não variar, serão das classes mais atingidas:
- Congelamento dos salários até 1500 euros ilíquidos; 
- Redução de 3,5% dos salários entre os 1501 e os 2000 euros ilíquidos;
- Reduções entre 3,5% e 10% dos salários superiores a 2000 euros ilíquidos;
- Congelamento das promoções e progressões
- Congelamento das admissões e redução do número de contratados; 
- Aumento de 1% das contribuições para a Caixa Geral de Aposentações;
- Redução dos benefícios da ADSE;
- Redução as transferências do Estado para o Ensino.
Espera-se que estas medidas satisfaçam o dr. Miguel Sousa Tavares. 

4 comentários:

Anónimo disse...

umas montras partidas, carros incendiados, umas estaladas em público dadas aos habitantes do Rato e o Soares em cuecas a fugir para dentro da fundação, mais o Sócrates com uma barba postiça no bafond de Paris, correntes e ligas, tudo em tons de preto, e as Novas Oportunidades, um grande canudo no bolso de trás das calças...

Cirrus disse...

O problema todo, caro Levy, é que satisfazem. Satisfazem mesmo... Mas pode ser que um dia isto tudo o morda nos...

3virgula14 disse...

PERVERSO.

Joaquim Simões disse...

http://aperoladanet.blogspot.com/2010/09/um-perfeito-inutil-no-seu-melhor.html