domingo, 31 de maio de 2009

Gente lúcida fala assim

Às vezes apetece-me dar uma resposta torta. Alguém me disse: “eu tenho um amigo que votou sempre PSD ou PS, mas agora está tão zangado com tudo, que diz que vai votar Bloco de Esquerda”. A resposta torta que dei foi esta: “então diga lá ao seu amigo que quando houver mais desemprego, quando tiver que pagar mais juros no banco, quando nem um tostão vier de fora para Portugal, porque um país com uma extrema-esquerda com dez por cento, não é destino de qualquer investimento, tem o seu rating ameaçado, ninguém vai abrir uma fabriqueta se “quem tem lucros não pode despedir”, e se houver muitos Robins dos Bosques à solta pelas árvores, então que agradeça a si próprio ter votado por zanga no Bloco de Esquerda”. É que votar no Bloco de Esquerda por zanga com a política e com o país não muda um átomo nenhuma coisa, deixa-nos só pior do que o que estamos. É uma brincadeira que se paga caro, parece tudo muito bonito, mas tem enormes custos sociais e políticos. É por isso que dei logo uma resposta torta. E se for preciso repito-a tantas vezes quanto necessário.
José Pacheco Pereira, Resposta torta, na revista Sábado

4 comentários:

Maria Gaby disse...

AH,AH,AH Onde é que eu já li este "títalo"?
Relativamente ao texto, convém meditar sobre o que JPP diz. Zangados, OK, mas loucos, não!Portanto, ao colocar a cruz, não deixemos que a zanga nos obnubile a mente e, muito menos o discernimento!

Levy disse...

Esse "títalo" foi-me trazido pela caixa do correio ah ah ah!

provocação disse...

Bom, eu tenho uma "zanga" pessoal com o bloco de esquerda mas vem do tempo em que se lembraram de chamar criminosos a Israel e de fazer protestos em frente à embaixada pró palestianismo. O que é que eu hei-de fazer, são coisas que me entristecem, mas esta outra observação, menos emocional que a minha também faz sentido, a dada altura perco-me na política porque uns motivos vão anulando os outros.

Levy disse...

@provocação

O Daniel Oliveira chamou aos israelitas filhos da p+++! e o Miguel portas tem escrito no blogue dele, que Israel não é um país. São só alguns exemplos....