sábado, 9 de maio de 2009

Lá se vão as "sobras de campanha"

Ainda não saiu do Parlamento e já PS e PSD admitem alterações à nova lei do financiamento dos partidos e das campanhas eleitorais, aprovada na semana passada por unanimidade com um único voto contra, o do socialista António José Seguro.
Tal alteração, deve-se a uma "brecha" na nova lei que permitia que as campanhas eleitorais dessem lucro. Assim, a situação deverá ser corrigida para que isso não aconteça.
Ficarão em maus lençóis todos aqueles que tiverem "sobras de campanha" na Suíça e noutros locais.

2 comentários:

sou eu, sou! disse...

E tanta cabeça pensante não percebeu que isso podia acontecer?
Está-me a parecer que tem mais a ver com o coro de protestos que surgiram de todos os lados. Agora aparecem como virgens ingénuas! Todos eles, sem excepção!

Levy disse...

1 # Sou eu,

E ainda para mais, como o caso Isaltino como pano de fundo.
Estavam a ver se pegava...
A elaboração de leis no nosso país é sempre assim: aprovam-se e depois é de se dão conta dos erros e passam a vida em sucessivas reformulações.